quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Você já imaginou ter um negócio como esse? Arroz é a base alimentar no mundo

Pense:

•  O cereal mantém uma evolução constante no consumo pelo mundo. São 2% ao ano, em média, de 2010 a 2014 com tendência firme e estável.

• A China, detém 30% de todo volume de importações internacionais, com a maior porcentagem de aumento anual.

• Na produção mundial, alguns dos principais players sinalizaram ligeira diminuição no volume produzido nos últimos anos, provocando uma queda de 0,1 % em 2015 e estimativa de 1,8% em 2016.

• A terra como investimento estratégico de longo prazo, pois as terras aráveis são um bem finito e a valorização ao longo do tempo é liquida e certa, e ainda com a vantagem de gerar dividendos através das colheitas feitas.

Investimento de valor agregado:

Um investimento com volume de produção, que pode ultrapassar as 50 mil toneladas de arroz em casca por ano. Um empreendimento com diferencial logístico por estar as margens do Rio Paraná.

Essa é a principal rota de exportação dos produtos oriundos do Paraguai para diversas partes do mundo. Barcaças podem ser utilizadas até o porto de Buenos Aires, onde é feito o transbordo para navios e assim exportados para os diversos destinos ao redor do mundo.

A CALE Intermediação de Negócios enxerga duas possibilidades distintas de negócio: o primeiro a fazenda com a produção do arroz e a segunda a criação da unidade pesquisa e desenvolvimento de genética e a produção de sementes. Isto é alto valor agregado no mercado de arroz, pensando que o Paraguai tem um volume de plantio alto e falta genética própria.



Contato: invest@raquelkussama.com.br